Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020
Mundo

No Dia Nacional da Saúde confira dicas para manter o corpo e a mente saudáveis em meio à pandemia do coronavírus

Publicada em 05/08/20 às 13:54h - 24 visualizações

por Noroeste Online


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Escolhido em homenagem ao aniversário do sanitarista Oswaldo Cruz, o Dia Nacional da Saúde, celebrado nesta quarta-feira (05), ocorre, neste ano, em meio à mais grave pandemia do século. É uma data que, buscando conscientizar a população sobre a importância de manter cuidados com o corpo e a mente, mostra-se ainda mais significativa em tempos de coronavírus.

Em todo o mundo, especialistas alertam que, além da cautela recomendada para prevenir a Covid-19 – incluindo máscara, álcool gel e distanciamento social –, as demais rotinas de saúde precisam estar mais em dia do que nunca. O professor Renato Mello afirma que, pelos constantes pedidos para que permanecessem em casa, muitas pessoas deixaram de lado seus tratamentos nos últimos meses.

“Uma das primeiras medidas tomadas foi pedir que os pacientes evitassem idas aos hospitais e consultórios, a não ser que apresentassem quadros graves. Todo o foco se concentrou no controle da pandemia, mas observamos que doenças crônicas seguem cobrando seu preço e precisam de cuidados. Há o potencial de vivenciarmos uma onda secundária, além dos efeitos da pandemia, que são os desfechos clínicos por falta de controle”, diz Mello.

Por isso, o médico orienta que pacientes, como cardiopatas e oncológicos, mantenham seus tratamentos. Mello ainda aconselha que qualquer pessoa que sinta um sintoma que impacte em sua qualidade de vida precisa procurar atendimento médico, sobretudo em casos urgentes, de dores no peito, falta de ar e sangramentos.

Além disso, profissionais da saúde também notam a importância de seguir um estilo de vida saudável, o que, muitas vezes, acarreta mais benefícios à saúde do que as chamadas medidas farmacológicas. Mesmo em ritmo de quarentena, alimentação balanceada, atividade física e sono regular devem ser praticados pela população.

No campo da saúde feminina, Valentino Magno, professor de Ginecologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, adverte que gestantes devem cumprir seus compromissos de pré-natal, com consultas, exames e vacinas. Para mulheres em tratamentos de câncer ou com suspeita da doença, terapias e testes têm de ser seguidos à risca. Magno ainda lembra que, no caso de dúvidas clínicas, a telemedicina pode ser uma aliada.


Fonte: Noroeste Online




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (55) 8408-0001

Visitas: 835824
Usuários Online: 33
Copyright (c) 2020 - Ijuí Express