Ijuí Express
Mundo

Forças russas preparam ataque "maciço" no leste da Ucrânia, alerta governador

Publicada em 04/04/2022 às 20:06h

por Correio do povo


Compartilhe
Compartilhar a notícia Forças russas preparam ataque   Compartilhar a notícia Forças russas preparam ataque   Compartilhar a notícia Forças russas preparam ataque

Link da Notícia:

Forças russas preparam ataque

As forças russas estão preparando um "ataque maciço" contra as tropas ucranianas na região de Luhansk, no leste da Ucrânia, anunciou o governador, Sergii Gaiday, nesta segunda-feira (4).

"Temos visto equipamentos vindos de diferentes direções, que eles [os russos] estão trazendo homens, que estão trazendo combustível [...]. Entendemos que eles estão se preparando para um ataque maciço", disse o governador de Luhansk em uma mensagem de vídeo.

"Os bombardeios são cada vez mais intensos. Na noite de ontem, houve uma tentativa de chegar a Rubizhne [perto de Luhansk], nossos defensores os repeliram, inutilizaram vários tanques, havia dezenas de corpos" de soldados russos, disse Gaiday.

"Ontem, infelizmente, na explosão de uma mina ou de um projétil de artilharia, morreram dois voluntários" e "uma igreja foi bombardeada", o que deixou dois sacerdotes feridos, acrescentou, sem dar mais detalhes.

 

Por isso, o governador pediu aos habitantes da região que saiam de suas casas. "Não hesitem, por favor. Hoje, mil pessoas foram evacuadas. Por favor, não esperem que suas casas sejam bombardeadas", pediu em sua mensagem.

Desde que a Rússia anunciou que deseja "concentrar os esforços na libertação de Donbass", esta histórica zona mineradora da Ucrânia vive com a angústia de uma grande ofensiva russa. Kiev teme que a situação piore à medida que as forças russas tentam cercar o exército ucraniano. 

 

As tropas ucranianas estão mobilizadas desde 2014 ao longo da frente que faz fronteira com Donetsk, ao sul, e Lugansk, ao leste - capitais das duas autoproclamadas "repúblicas" separatistas pró-Rússia - e que vai até Izium, no noroeste.

 

Kramatorsk, a capital regional de fato desde outubro de 2014 do território ainda controlado por Kiev, está localizada no centro desta área perigosa e pode ser sitiada pelas tropas de Moscou. "De acordo com as últimas informações, a Rússia está trazendo suas tropas para o leste e em breve estaremos cercados", teme Viktoria, médica da "Assistência Humanitária", segundo a credencial que ela usa no peito. Ela espera que o exército ucraniano se retire da área. "Aqui pode ser a próxima Mariupol", alerta, referindo-se ao porto cercado e bombardeado sem trégua no Mar de Azov.










Nosso Whatsapp

 (55) 98408-0001

Visitas: 1689388
Usuários Online: 21
Copyright (c) 2022 - Ijuí Express
Converse conosco pelo Whatsapp!